facebooktwitter

Unidade da Rede Lucy Montoro em Santos completa quatro anos e recebe equipamento de robótica inédito

No dia 13 de junho, a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Dra. Linamara Rizzo Battistella, e o Governador do Estado de São Paulo, Márcio França, entregaram o novo equipamento de robótica Vivax, que utiliza uma tecnologia inédita, para a unidade de Santos da Rede de Reabilitação Lucy Montoro.

A unidade, que completou quatro anos de funcionamento, é a primeira a receber o Vivax fora da Capital de São Paulo. O equipamento tem tecnologia 100% nacional, que possibilita movimentos tridimensionais dos membros superiores até então não alcançados por nenhuma tecnologia do mundo.

Vivax governador

Também estiveram presentes na entrega, o diretor do Centro de Reabilitação Lucy Montoro Santos, Celso Vilella Matos, e o engenheiro idealizador do Vivax, Antonio Makiyama. Pioneira em uso de robôs na reabilitação, a Rede Lucy Montoro já conta com equipamento Vivax na unidade Vila Mariana da capital paulista.

A Secretária Dra. Linamara destaca a importância de um equipamento como esse para a Rede. “A Rede Lucy Montoro cumpre seu papel na formação de recursos humanos, na qualidade da assistência oferecida aos pacientes e no estímulo e apoio ao desenvolvimento de novas tecnologias. Este é o Brasil produtor de tecnologias para que todos os brasileiros sejam usuários de produtos assistivos que melhorem a qualidade de vida”, destacou.

O Vivax, viabilizado com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - Fapesp, possibilita uma amplitude do movimento do braço até então não alcançada em nenhuma tecnologia existente no mundo, ao permitir movimentos tridimensionais mais realistas e próximos às atividades cotidianas dos pacientes.

Entre as vantagens da nova tecnologia está o fato de o aparelho ser portátil e pesar apenas 15 quilos, cerca de 7 vezes mais leve do que os equipamentos disponíveis no mercado, aproximando a tendência de os pacientes utilizarem a robótica em casa.

Além de ser mais vantajoso no peso, o robô apresenta um custo significativamente inferior a um equipamento similar no mercado e permite maior feedback auditivo e visual ao disponibilizar games mais atrativos. A novidade é voltada para vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC), pessoas com paralisia cerebral, lesão encefálica, lesão medular, traumatismo craniano e doenças degenerativas.

Desde o início de funcionamento da Rede Lucy Montoro em Santos, foram realizados cerca de 170 mil atendimentos e dispensados mais de 9 mil órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção.

Com informações da Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência